Amamentação: o apoio à mulher é fundamental!

A importância da amamentação para o crescimento e desenvolvimento da criança já é algo amplamente documentado, contudo vale à pena resgatar o reconhecimento do leite humano como um alimento completo e ideal nos primeiros anos de vida, atendendo as necessidades fisiológicas, nutricionais, emocionais e psicossociais do lactente. Por isso, a prática do aleitamento materno é algo que deve ser incentivado pelos serviços de saúde a fim de garantir a saúde da criança e reduzir a morbi-mortalidade neonatal.

Sabemos que amamentar é uma habilidade aprendida e passada de mães para filhas em diversas comunidades e culturas. Sendo assim, algumas mulheres podem amamentar com sucesso sem preparo prévio. Entretanto o sucesso completo da amamentação está diretamente ligado ao apoio e orientação que esta mãe recebe já nos primeiros meses do período pré-natal.

A partir desta concepção, temos em Feira de Santana O GAAM (Grupo de Apoio ao  Aleitamento Materno) – um serviço de enfermagem que tem como objetivos a orientação, aconselhamento, assistência e apoio para a promoção do aleitamento materno, assistindo a mulher desde a gestação ao pós-parto.

Este serviço é constituído por enfermeiras especialistas na área de Saúde da Mulher e habilitadas no Manejo clínico da Lactação, que atuam através de consultas individualizadas durante a gestação, proporcionando as futuras mães informações sobre vantagens da amamentação, preparo das mamas para a lactação, estocagem do leite materno, técnica correta da amamentação, cuidados para a prevenção de possíveis complicações da amamentação, além de orientações quanto aos cuidados com o recém-nascido. No pós-parto, oferecem atendimento ambulatorial e domiciliar para as mães que apresentam dificuldades na amamentação, bem como para aquelas que desejam iniciar o desmame ou para as mães adotivas que desejam amamentar seu filho em seio materno.

É no pós-parto que se inicia a lactação e esse período se caracteriza por momentos de alegria, mas também de insegurança, medo, conflitos, ansiedade e expectativas. Assim, acreditamos que o processo de amamentação será muito mais tranqüilo se a mãe investir no seu preparo, no seu cuidado, na busca pela autoconfiança nesse momento tão delicado de sua vida, mas  tão essencial ao bebê.

O GAAM auxiliará as futuras mamães a viver a gestação e o pós-parto com mais segurança, tranqüilidade e discernimento, e os que a cercam a melhor compreendê-la e ajudá-la nesse período em que assume mais um papel na sua vida e na sociedade: o Ser Mãe!

“A mãe nasce para a maternidade quando a criança nasce para o mundo”, VERA VINHAS

 

Michelle Medeiros Silva

Enfermeira Especialista em Obstetrícia e Neonatologia

Michelle de Santana Xavier

Enfermeira Especialista em Obstetrícia e Mestra em Saúde da Mulher

Compartilhar: